Concurso Polícia Civil DF (PCDF) – [Fique por dentro]

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Já foi divulgado no Diário Oficial do Distrito Federal a abertura do concurso público da Polícia Civil do DF. Prevê-se a abertura de 300 vagas para o cargo de escrivão de polícia e ainda está em processo de confirmação, a proposta de serem abertas 1.800 vagas para Agente de Polícia.

A banca organizadora e responsável pela aplicação do concurso está sendo escolhida, mas essa nova prova está gerando um certo desconforto em relação às vagas de Agente de Polícia, já que ainda há pessoas a serem chamadas do concurso de 2013.

Foi feito um pedido de suspensão do prazo de validade dessa prova, o que impede os aprovados de serem impossibilitados de assumir o cargo, caso passem. Isso também significa que um novo concurso para a vaga não pode ser inserido. Porém, tudo indica que o concurso abrirá, sim, vagas para Agente de Polícia.

Para este cargo, em específico, espera-se que o concorrente esteja apto a investigar atos e fatos que caracterizem infrações penais. As atividades são consideradas de nível superior, de modo a colaborar com as autoridades policiais no cumprimento e implantação da lei.

As atribuições para a vaga de Agente de Polícia, além das já especificadas, são:

  • Coordenar e executar operações de cunho policial, que estejam voltadas para a segurança, tanto pública, quanto privada;
  • Executar as intimações requeridas, bem como notificações e outras atividades que exijam o esclarecimento de fatos sob investigação policial;
  • Dirigir veículos quando em serviço prestado para a força policial;
  • Facilitar apoio à autoridade de polícia;
  • Cumprir, com rigor, as atribuições previstas para o cargo, estipuladas no art. 99 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Já o Escrivão de Polícia possui atividades mais relacionadas ao aspecto burocrático da ação policial, voltada para a organização e manutenção da força da lei, a ser aplicada conforme haja necessidade.

Para o cargo de Escrivão de Polícia, espera-se que o concorrente esteja apto à:

  • Cumprir formalidades legais, relacionadas à aspectos judiciários e que estejam correlacionadas à inquéritos;
  • Criação e organização de processos administrativos, além de serviços cartorários que atuem como forma de apoio à autoridade e força policial;
  • Atuar obedecendo com rigorosidade as atribuições que são inerentes ao cargo, previstas na lei. Especificamente, cumprir o art. 100 do Regimento Interno da PCDF, aprovado pelo Decreto Distrital nº 30.490, de 22 de junho de 2009.

Salários

Os salários especificados para as vagas em questão são:

Classe Especial – R$13.751,51;

Primeira Classe – R$10.961,45;

Segunda Classe – R$9.129,01;

Terceira Classe – R$8.698,78.

A relação de candidatos por vaga só é determinada após a abertura do concurso, de modo a quantificar os interessados. A quantidade de vagas disponíveis para contratação também estão em aberto, a serem definidas juntamente com a publicação do edital.

Normas do Concurso Polícia Civil DF 2019

É prática que se mantenha as orientações de concursos anteriores, de modo a favorecer o estudo dos interessados, mesmo antes que o edital seja divulgado. Normalmente a prova é dividida entre a parte objetiva e discursiva. O concurso se dá de acordo com as seguintes determinações:

  • Conhecimentos Básicos: disciplinas de Língua Portuguesa, noções de Informática, Raciocínio Lógico e Atualidades;
  • Conhecimentos Específicos: noções em Direito (Constitucional, Administrativo, Penas, Processual Penal) e Legislação (Específica e Penal Extravagante);
  • Prova discursiva.

Baseado nos dados do último concurso de Polícia Civil do DF, além da contratação feita pelas vagas abertas, um cadastro de reserva também foi implantado. É baseado nesse cadastro, que estão tentando impedimento de um novo concurso, já que ainda há aprovados que podem ser incluídos nas vagas remanescentes. Porém, para que isso aconteça, é necessário a expiração da data de validade.

Os inscritos foram submetidos à prova objetiva e discursiva, testes de aptidão física, exames biométricos, avaliações médicas e psicológicas, investigações sociais, avaliação e inclusão de títulos e cursos de formação específica. A prova contou um valor de 120 pontos, divididos nas áreas do exame (no mínimo 12 pontos em Conhecimentos Básicos, 18 em Conhecimentos Específicos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *